Questões Frequentes

Questões Frequentes

A análise das respostas às questões frequentes não dispensa a consulta do Regulamento do Programa Gilead GÉNESE.

Sim, desde que o apoio solicitado se destine a uma parte autónoma ou a uma extensão de um projeto inicial que tenha objetivos específicos enquadráveis no âmbito do Programa Gilead GÉNESE. O horizonte temporal deve ser claramente definido.
Os projetos candidatos poderão ser financiados na totalidade do montante solicitado pelo Requerente ou em parte deste montante. A decisão do montante a considerar nos projetos selecionados é da responsabilidade das Comissões Externas de Avaliação, dentro do orçamento anualmente disponível, e com o limite máximo de financiamento de 40.000,00€.
De acordo com a calendarização do Programa Gilead GÉNESE em cada ano, as várias fases do processo de avaliação da candidatura são continuamente atualizadas.

Cada Requerente poderá aceder, a qualquer momento, à consulta do estado da candidatura submetida através da Área Reservada – Listagem de candidaturas.
Em cada ano, quando o ciclo de apreciação de candidaturas se encontrar concluído, é divulgada no website do Programa Gilead GÉNESE a listagem dos projetos aprovados. Em área destinada aos projetos aprovados é mencionado o título do projeto, a instituição responsável e poderá ser incluída uma breve descrição do mesmo.

Salienta-se que, de forma a dar cumprimento aos requisitos regulamentares em matéria de transparência, qualquer apoio financeiro concedido pela Gilead será notificado ao INFARMED, I.P. sempre que aplicável.
Existem dois cenários em que os projetos candidatos não serão objeto de financiamento:

Candidatura recusada - candidatura rejeitada na fase de validação por incumprimento do previsto no Regulamento do Programa Gilead GÉNESE. As candidaturas recusadas não serão objeto de avaliação pelas Comissões Externas de Avaliação.

Candidatura não aprovada – candidatura submetida para avaliação mas não aprovada pela respetiva Comissão Externa de Avaliação.

Em qualquer dos casos os Requerentes poderão, num ciclo posterior de candidaturas, submeter projetos distintos do apresentado inicialmente.
Podem candidatar-se ao Programa Gilead GÉNESE pessoas coletivas numa das seguintes categorias:
Instituições, organizações, sociedades ou associações de profissionais de saúde
Instituições, organizações, sociedades ou associações que prestam cuidados de saúde
Instituições, organizações, sociedades ou associações que desenvolvam investigação translacional/clínica
Instituições, organizações ou associações de doentes.

Para mais informações consulte a secção 2 do Regulamento do Programa Gilead GÉNESE.
As candidaturas são sempre submetidas através da Área Reservada do website do Programa Gilead GÉNESE.
É necessário proceder ao registo prévio do Requerente para ser possível a submissão de candidaturas ao Programa Gilead GÉNESE. Ao entrar na respetiva área de utilizador, o Requerente deverá seguir as instruções disponibilizadas com vista à submissão da sua candidatura.
Após submissão, as candidaturas são validadas quanto à verificação do cumprimento dos requisitos essenciais do Programa Gilead GÉNESE, às áreas de projeto anunciadas em cada ano e ao Regulamento aplicável.

Todas as candidaturas validadas são posteriormente sujeitas a avaliação por uma das Comissões Externas de Avaliação, consoante os casos - Comissão de Avaliação de Projetos de Investigação ou Comissão de Avaliação de Projetos da Comunidade - que utilizarão critérios objetivos, previamente definidos e enunciados nas áreas Critérios de avaliação de Projetos de Investigação ou Critérios de avaliação de Projetos da Comunidade.

A decisão relativa à concessão de apoio das candidaturas submetidas cabe exclusivamente à respetiva Comissão de Avaliação e não é passível de recurso ou revisão.

Terminada a fase de avaliação, os projetos apoiados serão divulgados no website do Programa Gilead GÉNESE.
Ao submeter uma candidatura ao Programa Gilead GÉNESE o Requente deve incluir todas as informações solicitadas nas diferentes secções do formulário de submissão, nomeadamente: nome e resumo do projeto, objetivos principais e detalhes do projeto, orçamento e descrição dos custos associados e outras informações ou documentos considerados relevantes.
De acordo com a Legislação vigente quanto à Proteção de Dados Pessoais – Regulamento Geral de Proteção de Dados – é obrigatória a autorização expressa dos requerentes relativamente ao tratamento dos dados pessoais. No âmbito do Programa Gilead GÉNESE estes dados serão conservados pelo período de 5 (cinco) anos. A Gilead poderá disponibilizar os dados recolhidos a outras empresas do Grupo Gilead para efeitos de análise global e centralizada dos apoios concedidos aos candidatos, os quais poderão estão situados em países fora do EEE, que podem não ter leis de proteção de dados que confiram o mesmo nível de proteção que as leis no EEE, podendo ainda recorrer a entidades subcontratadas, para efeitos de gestão da avaliação da candidatura e de atribuição da Bolsa. Os dados dos representantes dos candidatos poderão ainda ser utilizados para efeitos de divulgação de novas iniciativas. A Gilead garante aos titulares dos dados o direito de acesso, a todo o tempo, aos respetivos Dados Pessoais, bem como o direito de retirar o consentimento (sem que afete o tratamento ocorrido até tal data), de correção, de atualização, eliminação, oposição, limitação do tratamento e portabilidade de tais dados pessoais nos termos legalmente estabelecidos, direitos esses que poderá ser exercido através de comunicação dirigida à Gilead, por escrito. Os titulares dos dados poderão ainda contactar o Encarregado de Proteção de Dados Pessoais da Gilead para privacy@gilead.com, assim como apresentar uma reclamação junto da autoridade de proteção de dados competente, caso considerem que a Gilead não se encontra a tratar licitamente os seus Dados Pessoais.

Para mais informações consulte a secção 19 do Regulamento do Programa Gilead GÉNESE.
Tratando-se de uma iniciativa nacional que pretende apoiar projetos em Portugal, as candidaturas ao Programa Gilead GÉNESE devem ser apresentadas preferencialmente em língua portuguesa, aceitando-se, caso tal não seja possível, também a língua inglesa.
Com vista a uma adequada gestão dos utilizadores, cada Entidade (o mesmo número identificação fical) poderá efetuar o seu registo uma única vez, independentemente das diferentes Equipas de Projeto/Equipas de Candidatos que possa reunir. As Instituições, Organizações, Associações e Sociedades possuem apenas um NIF que irá corresponder a um único registo apenas. Nos casos em que já tenha sido efetuado um registo com um determinado NIF, não será possível efetuar um segundo registo utilizando esse mesmo NIF.

Assim, todas as candidaturas a submeter pela mesma Entidade Requerente, terão que ser efetuadas através do mesmo nome de utilizador e palavra-passe. No caso de existirem diferentes Equipas de Projeto/Candidatos, pertencentes à mesma Entidade Requerente, que pretendam apresentar as suas candidaturas ao Programa Gilead GÉNESE, deverão ter acesso ao nome de utilizador e palavra-passe da Entidade Requerente a que pertencem. Poderão assim ser submetidas, pela mesma Entidade Requerente, várias candidaturas distintas.
Para se candidatar ao Programa Gilead GÉNESE, terá de ser submetida a seguinte informação:

•  Pessoa de contacto para a candidatura (nome, email e contacto telefónico)
•  Área(s) de projeto
•  Nome do projeto
•  Em caso de constituição de parcerias de projeto com outras Instituições, tem de ser submetida a informação das Instituições envolvidas (nome das Instituições parceiras, responsável e objetivos subjacentes ao estabelecimento destas parcerias)
•  Equipa do projeto, incluindo o CV de cada elemento da Equipa de projeto
• Sumário Executivo do projeto - resumo conciso do projeto, destacando os aspetos mais relevantes tais como objetivos principais, metodologia proposta e resultados esperados)
•  Objetivos do projeto – descrição detalhada do objetivo principal do projeto e eventuais objetivos secundários
•  Descrição do projeto - descrição completa do projeto incluindo: enquadramento e pertinência, objetivos específicos, metodologia proposta, resultados esperados, cronograma de execução do projeto e referências bibliográficas
•  Informação sobre a existência de outras entidades a financiar o projeto
•  Indicação do montante solicitado (máximo de € 40.000,00)
•  Orçamento previsto para o projeto, que contemple detalhadamente todas as necessidades identificadas e a correspondente justificação dos valores apresentados
•  É ainda possível anexar outros documentos que se considerem relevantes para a avaliação do projeto